MAPPING OF EMPTY URBAN IN THE CITY OF ORLEANS, SANTA CATARINA

Abstract

This article aimed to map the urban voids in the city of Orleans in the years 2002 and 2017 and to analyze the differences in this time space. The methodology used geoprocessing tools to structure the database and generate the thematic maps needed to produce spatial information that supported the discussion of results. 420.06 ha of urban voids were identified in 2002 and 269.01 ha in 2017. The results showed a decrease in the area of ​​urban voids in the city of Orleans, which may be associated with population growth and the transformation of the economic matrix of the city. County. Regarding the area of ​​voids measured by neighborhoods, it was observed that the neighborhoods with the least empty area are located in the central areas and those with the largest area in the peripheral areas, showing the discontinuity of the urban fabric.

Author Biographies

Thaise Sutil, University of the Extreme South of Santa Catarina (Unesc), Brazil

Doctoral student at the Graduate Program in Environmental Sciences, Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc).

Danrlei de Conto, University of the Extreme South of Santa Catarina (Unesc), Brazil

Master's student at the Graduate Program in Environmental Sciences at Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc).

Vanessa Dagostim Manenti, University of the Extreme South of Santa Catarina (Unesc), Brazil

Master's Degree in Environmental Sciences at the Post-Graduate Program in Environmental Sciences at Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc).

Juliana Debiasi Menegasso, University of the Extreme South of Santa Catarina (Unesc), Brazil

Doctoral student at the Graduate Program in Environmental Sciences, Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc).

Nilzon Ivo Ladwig, University of the Extreme South of Santa Catarina (Unesc), Brazil

Professor at the PostGraduate Program in Environmental Sciences, University of the Extreme South of Santa Catarina (Unesc).

References

ALVAREZ, Ricardo. Os vazios urbanos e o processo de produção da cidade. 1994. 146 f. Dissertação (Mestrado em XXX) – Departamento de Geografia, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas de Universi¬dade de São Paulo, São Paulo, 1994.

BELTRAME, Gabriella. Vazios urbanos: notas sobre a escassez social do imóvel urbano. Interseções, Rio de Janeiro, v. 15, n. 1, p. 113-138, jun. 2013.

BRIGHENTI, Clovis Antonio. Povos indígenas em Santa Catarina. In: NÖTZOLD, Ana Lúcia Vulfe; ROSA, Helena Alpini; BRINGMANN, Sandor Fernando (Orgs.). Etnohistória, história indígena e educação: contribuições ao debate. Porto Alegre: Pallotti, 2012a. p. 37-65.

BRITO, Paula Santos. Função social da propriedade, vazios urbanos e desdobramentos na política de habitação de interesse social no munícipio de Feira de Santana. 2017. 111 f. Dissertação (Mestrado em XXX) – Curso de Programa de Pós-graduação em Planejamento Territorial, Universidade Estadual de Feira de Santana, Feira de Santana, 2017.

CRAWFORD, Colin. A função social da propriedade e o direito à cidade: teoria e prática atual. Rio de Janeiro: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – Ipea, 2017. Disponível em: . Acesso em: 20 ago. 2018.

DALL’ALBA, João Leonir. Pioneiro nas terras dos condes. 2. ed. Orleans: Gráfica do Lelo, 2003.

FREITAS, Marina Roberta P. Freitas; NEGRÃO, Glauco Nonose. Vazios Urbanos: estudo de caso no município de Guarapuava – PR. Urban voids: case studie in the municipalitie of Guarapuava/PR. Geographia Opportuno Tempore, Londrina, v. 1, n. esp., p. 480-493, jul./dez. 2014.

FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO. Diretoria de Estatística e Informações. Déficit habitacional no Brasil 2015. Belo Horizonte: Estatística & Informações, 2018.

LOTTIN, Jucely. Orleans 2000: história e desenvolvimento. Florianópolis: Elbert, 1998.

MARICATO, E. As ideias fora do lugar e o lugar fora das ideias. In: MARICATO E. at al. A cidade do pensamento único: Alternativas para a crise urbana. Rio de Janeiro: Vozes, 2001.
NICOLADELLI, T. B. Centralidade e verticalização: estudo da valorização da área central da cidade de Orleans/SC. 2011. 76 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Geografia) – Universidade do Extremo Sul Catarinense, Criciúma, 2011.

OLIVEIRA, Amanda Guimarães de; PEREIRA, Tereza Cristina de Faria Kraüss. Elaboração da Carta de Vazios Urbanos em São Sebastião do Paraíso (MG). Ciência Et Praxis, Belo Horizonte, v. 9, n. 17, p. 53-58, maio 2016.

ORLEANS (Município). Lei Complementar nº 2147, de 18 de dezembro de 2007. Plano Diretor Participativo do Município de Orleans. Orleans, SC.

ORLEANS (Município). Lei Complementar nº 2553 de 21 de maio de 2014. Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) Progressivo no Tempo. Orleans/SC.

REIS, Luis Carlos Tosta dos. Descentralização e desdobramento do núcleo central de negócios na cidade capitalista: estudo comparativo entre Cam¬po Grande e Praia do Canto na grande Vitória/ES. 2007. Tese (Doutorado em XXX) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, PPGG, 2007.
Published
09/10/2022
How to Cite
SUTIL, Thaise et al. MAPPING OF EMPTY URBAN IN THE CITY OF ORLEANS, SANTA CATARINA. Geosaberes, Fortaleza, v. 13, p. 150 - 163, oct. 2022. ISSN 2178-0463. Available at: <http://www.geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/1200>. Date accessed: 21 apr. 2024. doi: https://doi.org/10.26895/geosaberes.v13i0.1200.
Section
ARTICLES