SOLIDARITY ECONOMY IN THE BRAZILIAN SEMI-ARID: THE XIQUE-XIQUE NETWORK AS A TERRITORIAL REPRODUCTION AND ENVIRONMENTAL PRESERVATION STRATEGY

Abstract

This article aims to analyze the materialization of the Xique-Xique network as a Solidarity Economy Enterprise (EES) in the territory of Rio Grande do Norte. The article sought to identify to what extent the network has expanded, created materialities, actions and developed its agricultural production under agroecological bases. Through methodological procedures, such as the bibliographic survey and the application of a questionnaire, we understand that since the creation of the network, it has increased its spatialization in the semi-arid Potiguar region, aggregating a significant number of agents among members, producers, consumers, points of sale and the agroecological fairs, while it has managed to consolidate the principles of Solidarity Economy, acting as an alternative for family farmers in the face of hegemonic agriculture processes.

Author Biographies

Sandra Priscila Alves, Federal University of Rio Grande do Norte (UFRN), Brazil

PhD student of the Postgraduate and Research Program in Geography at the Federal University of Rio Grande do Norte (UFRN).

Marysol Dantas de Medeiros, Federal University of Ceará (UFC), Brazil

Postdoctoral student of the Postgraduate Program in Development and Environment at the Federal University of Ceará (UFC).

References

ADDOR, F. Desafios da Economia Solidária no Brasil: uma sistematização da literatura existente. Princípios da Economia solidária: Núcleo de Solidariedade Técnica– SOLTEC/UFRJ [s.d.]. Disponível em: http://sites.poli.usp.br/p/augusto.neiva/nesol/Publi cacoes/anais%20IV/artigos. Acesso em: 03 fev. 2021.

AB`SABER, Aziz Nacib. Sertões e sertanejos: uma geografia humana sofrida. Estudos avançados. V. 13. N. 36. 1999.

ALMEIDA, Suenia Cibeli Ramos. O legado da concentração de terra no Brasil e seus efeitos sobre a soberania alimentar: o caso da produção de sementes crioulas do MPA. Revista Nera. V. 23.N. 55. pp. 63-90. Set/Dez, 2020.

ALTIERI, Miguel. Agroecologia: a dinâmica produtiva da agricultura sustentável/ Miguel Altieri. – 4.ed. – Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2004.

AZEVEDO, Melina Dantas de; NUNES, Emanuel Marcio. As feiras da agricultura familiar: um estudo da rede Xique-Xique nos territórios Açu-Mossoró e o sertão do Apodi (RN). Geotemas. Pau dos Ferros. V. 3. N. 2. Jul. dez. 2013.

BRASIL. Ministério do Trabalho e Emprego. II Conferência Nacional de Economia Solidária. Documento Base. Brasília: Senaes/ MTE, 2010.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Produtos orgânicos: sistemas participativos de garantia / Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo. Brasília: Mapa/ACS, 2013.

DANTAS, Geovany Pachelly Galdino. Feira livre de Macaíba/RN: um estudo das modificações na dinâmica socioespacial (1960/2006). Dissertação (mestrado em geografia). Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Natal, 2007.

DANTAS, Isolda. A construção da economia feminista na Rede Xique-Xique de Comercialização Solidária. Agriculturas. V. 2. N. 3. Out 2005.

DINIZ, Clélio Campolina. Global-Local: Interdependências e Desigualdade ou Notas para uma Política Tecnológica e Industrial Regionalizada no Brasil. Rio de Janeiro: Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. 2000.

EMBRAPA – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Sistema Integrado de Produção Agroecológica – SIPA. Embrapa agrobiologia, 2021. Acesso em: https://www.embrapa.br/busca-de-solucoes-tecnologicas/-/produto-servico/89/sistema-integrado-de-producao-agroecologica---sipa. Disponível em: 10 ago, 2021.

FELIX, Silveira Felipe. Economia solidária e círculos de cooperação: uma análise da rede Xique-Xique de comercialização solidária. 2019. 113f. Monografia – Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2019.

GAIGER, L. I., & KUYVEN, P. S. Dimensões e tendências da economia solidária no Brasil. Sociedade e Estado. 34(03). 2019.

IPEA – Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas. Programa de aquisição de alimentos e segurança alimentar: modelo lógico, resultados e desafios de uma política pública voltada ao fortalecimento da agricultura familiar. Brasília/Rio de Janeiro, 2019.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo agro 2017. Disponível em: https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/25789-censo-agro-2017-populacao-ocupada-nos-estabelecimentos-agropecuarios-cai-8-8. Acesso em 01 ago. 2021.

LIMA, Fernanda Laise. Território, técnica e agricultura no Rio Grande do Norte. 2016. 201 f. Dissertação – Mestrado em dinâmica e reestruturação do território. Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Natal, 2016.

LOCATEL, Celso. Tecnificação dos territórios rurais no brasil: políticas públicas e pobreza. Revista electrónica de geografía y ciencias sociales. V. 16 , N. 418. Barcelona, 2012.

LUZZI, Nilsa. O debate agroecológico no Brasil: uma construção a partir dos diferentes atores sociais. 2007. 182f. Tese (doutorado) – Instituto de Ciências Humanas e Sociais - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, 2007.

OLIVEIRA, Francisco de. Elegia para uma religião. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1993.
PAULINO, Jonatta Sousa; GOMES, Ramonildes Alves. A institucionalização da agroecologia no Brasil: trajetórias acadêmicas e laços discursivos. Revista Sociedade e Estado. V. 35. N. 1, Jan/Abr. 2020. Disponível em: https://www.scielo.br/j/se/a/g4xJ8C3 rqzcZKJbg M3fSWnz/?lang =pt&format=pdf. Acessso em: 30 jul. 2021.

RODRIGUES, Leandro Paiva do Monte. Territórios rurais e desenvolvimento no Rio Grande do Norte: política e planejamento. 2016. 293f. Tese (Doutorado em Geografia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.

SCHMITT, Claudia Job. Economia solidária e agroecologia: convergências e desafios na construção de modos de vida sustentáveis. Mercado de Trabalho. N. 42. 2010. Disponível em: http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream /11058/4050/1/bmt 42_08_Eco_ 02_convergencias.pdf. Acesso em 7 fev. 2021.

SANTOS, Milton. Por uma outra globalização. Rio de Janeiro: Record, 2001.

______; SILVEIRA, Maria Laura. Brasil: território e sociedade no século XXI. Rio de Janeiro: Editora Record, 2001.

SINGER, Paul. Introdução à economia solidária. São Paulo: Perseu Abramo, 2002.
Published
25/03/2024
How to Cite
ALVES, Sandra Priscila; MEDEIROS, Marysol Dantas de. SOLIDARITY ECONOMY IN THE BRAZILIAN SEMI-ARID: THE XIQUE-XIQUE NETWORK AS A TERRITORIAL REPRODUCTION AND ENVIRONMENTAL PRESERVATION STRATEGY. Geosaberes, Fortaleza, v. 15, p. 1 - 18, mar. 2024. ISSN 2178-0463. Available at: <http://www.geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/1263>. Date accessed: 21 may 2024. doi: https://doi.org/10.26895/geosaberes.v15i0.1263.
Section
ARTICLES